Samba de 2002

Autores: Arthur Moreira e Cristiano Mendonça

Vira meu povo
que do chão não passa
é carnaval, cambalhota e cachaça

Viemos pr'a contar nossa história
o palco é São João del-Rei
relíquia da cultura de Minas,
suas riquezas, lindas meninas
fazem um cenário genial
pr'a poder brilhar meu bloco nesse nosso carnaval

em meio as tradições de nossa terra
afloram memóraveis carnavais
lesma, copo sujo, alvorada é demais

e agora abram alas p'ra eu passar
o meu bloco é alegria
cambalhota é o que há

vira mais uma, vira mais três
mas é cachaça ou cambalhota outra vez
no vira, vira
vamos rolar
tem colchonete pr'a mulher não afinar

vem p'ro samba
esse é o verdadeiro carnaval
entre no clima
bate na palma da mão
eu sou unidos levantando seu astral

Veja também o texto sobre o carnaval 2002

Carnaval 2015
Carnaval 2015
Letra Samba 2015
Sobre o bloco...
História
Trajeto do bloco
Fotos
São João Del Rei
Carnaval 2001
Carnaval 2002
Carnaval 2003
Carnaval 2004
Carnaval 2005
Carnaval 2006
Carnaval 2007
Carnaval 2008
Carnaval 2009
Carnaval 2010
Carnaval 2011
Carnaval 2012
Carnaval 2013
Carnaval 2014
Sambas do Bloco